como-usar-rel=nofollow-dicas

rel=”nofollow” – SEO dicas para usar não seguir em links externos

rel=”nofollow” – SEO dicas para usar não seguir em links externos.

Dicas para usar o atributo rel=”nofollow” em links que você cria em seus blogs para sites externos. Esse recurso diz aos robots do sistema de busca a não seguir o link externo adicionado em seu blog.

rel=”nofollow”

O Google nos ensina, no seu livro digital Guia de Otimização para Mecanismos de Pesquisa que devemos usar o atributo rel=”nofollow” sempre da seguinte forma:

Quando um blog ou site a quem nos referimos em nossos artigos não devem ser seguidos.
Seja por considerarmos que esse blog ou site não trará benefício aos leitores dos nossos artigos. Seja por saber que tal site não merece nossa indicação de que ele é bom para nossos leitores.

Segundo os editores do livro digital do Google, o atributo rel=”nofollow” serve para passar reputação das suas páginas para as páginas cujos links estejam apontados para elas.

Para ilustrar esse exemplo, considere o fato de você escrever um artigo falando de um site que publica conteúdo pornográfico. Você sabe que a ligação de seu site com tal site não trará beneficio nenhum ao seu site.

Muito pelo contrário, trará uma péssima reputação. As pessoas pensarão que você seja adepto de conteúdo semelhante e o considerarão dessa forma.

Pensando assim, você escreve sobre o assunto que chamou sua atenção no site tal. Coloca sua opinião sobre o tema que viu lá. Faz uma correção, caso tenha notado algum erro inaceitável no artigo deles. Embora o considere bem escrito.

Maneira correta

A maneira correta seria você escrever o artigo falando desse site e publicá-lo em seu blog. Só que, em vez de criar um link para o artigo do blog alvo do seu comentário, escreveria a URL dele logo abaixo do texto, sem criar link.

Suponhamos que o site seja este: crilostolsj.com e o assunto que você vê lá seja este: crilostolsj.com/mulheresperdidas. Você não concorda com alguns tópicos dos autores quanto a mulheres perdidas.

Escreve um artigo em seu blog citando os pontos discordantes e informando a correção aos seus leitores. Nada mais justo que reescrever um assunto a sua maneira, inserindo nele seu ponto de vista.

Nesse caso, o Google recomenda que você, ainda coloque o link ativo apontando para o site Crilostolsj, escreva o atributo rel=”nofollow” dentro dele.

Por que rel=”nofollow”?

Seu link será interpretado pelos robots dos buscadores como sendo rel=”dofollow”. Ou seja, passará aos buscadores informações como se o referido site fosse de sua confiança e mereça um voto de recomendação.

O voto que seu site daria ao Crilostolsj seria juntado a outros ao longo do tempo. E tais recomendações diriam aos mecanismos de pesquisa que esse site é bom. Com isso ele ganharia pontos que aumentam o Page Rank dele.

Essa informação se encontra no livro digital do Google: Guia de Otimização para mecanismos de pesquisa, página 20, que você encontra em diversos sites para download grátis.

Atributo dentro do link:

Suponhamos que o site seja: Meu Site, e seu artigo seja, conforme citado acima: Crilostolsj. Nesse caso, o artigo que você viu tem o seguinte formato: crilostolsj/mulheresperdidas.
Escreva o atributo da seguinte forma:

<a href=www.crilostolsj/mulheresperdidas/ rel=”nofollow”>Mulheres Perdidas</a>

Se fizer isso, quando os robots dos motores de busca visitarem seu site e verem esse atributo no link, não visitarão o site indicado no link.

Note que tanto o site Crilostolsj quando o artigo Mulheres Perdidas não existem. Pelo menos ainda. Ou no momento em que escrevo este artigo. Portanto, nada que alguém possa alegar que citei o artigo dele como exemplo de site não confiável. Nada disso.

O objetivo desta citação foi somente o de ilustrar este artigo, de modo a torná-lo compreensível aos que desejam aprender a usar o atributo rel=”nofollow”, segundo os padrões estabelecidos pelo Google.

Espero ter ajudado você ao menos um pouco a compreender o atributo rel=”nofollow”. Isto é, saber por que foi criado e como deve ser usado.

Você usa rel=”nofollow” nos links externos de seus blogs?

Para aprender mais, considere ler o tutorial dos Ferramentas do Google para Webmasters sobre o rel=”nofollow”.

Livros Infantis de José Guimarães

Muito obrigado por receber postagens do blog:
Livros Infantis de José Guimarães por E-mail

Curta nossa Página de Fãs no Facebook

Crédito da imagem: FreeFoto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entrada dos termos pesquisados:

  • devo usar nofollow nos posts (1)
The following two tabs change content below.
Professor, escritor e blogueiro. Autor dos livros: A Campainha Luminosa, A Figurinha Roubada, Companheiro de Viagem, Keity, Mokolóton, Mokolóton Extraterrestre, O Porquinho no Espelho, O Ursinho Chorão, Palavras que Transformam, Orações ao Senhor Deus. Também estou em Contos e Estudos Bíblicos e Ganhar Dinheiro Legal.
Este post foi publicado em Dicas, SEO, Tutoriais e marcado com a tag , , em por .

Sobre José Guimarães

Professor, escritor e blogueiro. Autor dos livros: A Campainha Luminosa, A Figurinha Roubada, Companheiro de Viagem, Keity, Mokolóton, Mokolóton Extraterrestre, O Porquinho no Espelho, O Ursinho Chorão, Palavras que Transformam, Orações ao Senhor Deus. Também estou em Contos e Estudos Bíblicos e Ganhar Dinheiro Legal.

3 ideias sobre “rel=”nofollow” – SEO dicas para usar não seguir em links externos

  1. Pingback: Como descobrir quando um blog ou site usa nofollow nos links externos

  2. Pingback: Como instalar o plugin Author Bio Box em blogs da plataforma Wordpress | Livros Infantis de José Guimarães

  3. Pingback: WordPress CommentLuv Plugin - Dicas sobre o Plugin usado em comentários | Livros Infantis de José Guimarães

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

CommentLuv badge