a-cidade-poesias-poemas-jose-guimaraes

A Cidade – Poesia de Jose Guimaraes

A Cidade - Poesia de José Guimarães

Era um lindo dia de sol, porém, incerto
Na imensa floresta de concreto
De figuras ágeis, ambulantes
De ideias mil, alucinantes
De esperanças perdidas e sonhos despertos
De mentes vazias e corações fechados.

E se fechou bem a cima de toda a cidade
Uma imensa e inesperada escuridão
Que cobria as casas e os edifícios suntuosos
Parecia uma assombrosa negra mão gigante
Que assolava tudo, arrogante
Levando vidas para o além
Derrubando a cidade, com desdém.

E quando todo acabou, tudo acalmou
Naquele silêncio de morte, alguém gritou:
- Até que um dia, meu Deus! Tudo certo!
A guerra maldita acabou, e ainda estou vivo
Pra reconstruir tudo, novamente, espero
De compreensão, paz e amor, é o que mais quero.

Poesia: A Cidade

Autor: José Guimarães

Image: Idea go / FreeDigitalPhotos.net

thumbshots blog Jose Guimaraes

Thumbnail Screenshots by Thumbshots

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Termos pesquisados na internet:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

CommentLuv badge